|

 , ,


O Amor não é cego


por Ly Marques

jose-angelo-gaiarsa

“Vamos falar sobre o poder de cura do amor. O amor como terapia ideal; ou, mais ainda, como a única força capaz de nos humanizar. Terapia no melhor significado da palavra:  como alcançar altos níveis de consciência, de percepção, de sensação – de vida.

… Mais uma qualidade mágica do encontro amoroso é a individualização. Quando duas pessoas se olham amorosamente, saem ambas da multidão anônina. Você sai do uniforme, eu saio do uniforme. Você está sendo você e eu estou sendo eu. Uma das poucas ocasiões da vida em que se experimenta esse encontro tipo “olhos nos olhos”. Alguém me reconhece de forma profunda como eu mesmo, não como irmão, tio, oficial, médico. Atenuam-se as máscaras, desaparecem as categorias. Encantamento é o que sentimos ao perceber até que ponto o outro é vivo e até que ponto sou – estou – vivo. Amor não é cego – é lúcido.”

Retirado do artigo: “O Poder de Cura do Amor”, revista Bons Fluídos – Ed. Abril – por José Ângelo Gaiarsa da obra “Amores Perfeitos”.

Muita Paz e Luz _/|\_ SOMOS TODOS UM

Compartilhar no Facebook


Expressões